Salame de chocolate

 

Eu tenho seis sobrinhos mas como moro do outro lado do mundo, sou muito menos presente na vida deles do que gostaria.  Agora que estou em Natal aproveito pra recuperar um pouco o tempo perdido durante minhas longas ausências. Meu sobrinho mais velho tem vinte anos e o caçula tem cinco. Além dessa enorme diferença de idade, cada um tem gostos e personalidades únicas, de modo que o que diverte um, entedia o outro. Enquanto meu sobrinho mais velho me convida pra fazer palestras sobre direitos humanos* e encontrar seus amigos comunistas, o caçula me pede pra brincar de fazer vudu. Reconheço que sou uma tia atípica (tive a idéia de fazer o vudu com meu sobrinho uma tarde em que estávamos entediados, procurando uma brincadeira nova, e nos divertimos muito alfinetando –à distância- todos os membros da família), mas também faço coisas “de tia” de vez em quando, como levar as crianças ao cinema ou ao parque. E como não podia deixar de ser, também gosto de cozinhar com eles. Ontem minha sobrinha de dez anos e eu decidimos preparar um quitute especial pro lanche. Eu queria fazer algo simples o suficiente pra ela poder repetir a receita sozinha depois. Sugeri um salame de chocolate, uma delícia perfeita pra fazer com crianças. Felizmente ninguém precisa da desculpa do sobrinho pequeno pra fazer essa receita: aqui em casa essa guloseima agradou crianças e adultos.

A receita pode ser adaptada de inúmeras maneiras. A idéia de acrescentar banana ao chocolate foi da minha sobrinha, que adora minha torta de chocolate com banana. Eu também adoro essa combinação então concordei na hora. Pra fazer uma base mais neutra, substitua a banana por creme de soja e use sua imaginação pra personalizar seu salame com seus ingredientes preferidos. No final da receita você encontrará algumas sugestões pra variar os sabores.

*Pra quem tiver aqui em Natal, dia 20, as 18h, farei uma palestra sobre “Direitos Humanos e Resistência Popular na Palestina”, no auditório B do CCHLA, na UFRN. Todos estão convidados.

 

 

Salame de chocolate

Eu usei uma barra de chocolate Lindth 70% de cacau. Como o gosto é fortíssimo e bem amargo, usei um pouco de leite de soja em pó e mel karo pra suavizar o sabor. Se você usar um chocolate com menos cacau sinta-se à vontade pra tirar esses dois ingredientes da receita.

 

100g de chocolate 70% (ou qualquer chocolate meio amargo)

1 banana

2cs de leite de soja em pó (uso Supra Soy, o único leite de soja que gosto), opcional

1cs de mel karo (ou açúcar), opcional

2cs de amêndoas (mais ou menos 20 unidades)

1 ½ x de biscoito tipo maizena, quebrado em pedacinhos

 

Derreta o chocolate, cortado em pedacinhos, em banho-maria. Enquanto isso amasse bem a banana até se transformar em creme (se tiver um mini-processador, o trabalho será mais fácil). Misture a banana com leite em pó, se estiver usando.  Junte a banana/leite em pó com o chocolate derretido e o mel karo (ou açúcar), se estiver usando, e mexa até ficar homogêneo. Reserve. Toste as amêndoas a seco (ou seja, não coloque nada na frigideira além das amêndoas) até ficar grelhadas e com um aroma intenso. Com um faca amolada, pique grosseiramente as amêndoas. Junte o biscoito e as amêndoas à mistura de chocolate e mexa bem. Despeje tudo no meio de um retângulo de papel alumínio, ou papel filme, e cubra com os lados dando a forma de um salame. Enrole as pontas e coloque na geladeira por duas horas (se estiver apressado pra degustar sua criação, coloque no congelador durante 40 minutos). Quando estiver firme, role o salame contra uma superfície dura (a mesa, por exemplo) pra dar uma forma cilíndrica. Se quiser, polvilhe o salame com mais biscoito, triturado no liquidificador até virar pó. Sirva gelado, em fatias. Guarde na geladeira.

 

Pra variar os sabores acrescente:

• frutas secas (passas, damascos em pedaços…)

• castanhas do Pará ou avelãs (no lugar das amêndoas)

• 1cs de licor (pra uma versão adulta)

• 1cs café

Anúncios