Salada de repolho roxo, beterraba e maçã

 

Depois da lasanha, do festival de comida vegana e da batata gratinada, achei que esse blog estava precisando de algo mais leve.

Eu gostaria de ter uma história interessante pra explicar como criei a receita de hoje, mas a verdade não poderia ser mais sem graça: um dia abri a geladeira, encontrei repolho, beterraba e maçã e nasceu essa salada. Felizmente a salada em si não tem nada de “sem graça”. Não vou perder tempo explicando o quanto ela é saudável, vou me concentrar no sabor porque todo mundo sabe que salada é  ótimo pra saúde. Eu adoro repolho cru e descobri que ele fica ainda melhor se cortado bem fininho. Se isso tem explicação científica eu desconheço. Também adoro beterraba (crua, cozida, na rua, na chuva, na fazenda…) mas junto com o repolho o sabor fica bem intenso. Não que eu esteja reclamando. Eu tomo suco de espinafre com lentilha germinada no café da manhã alisando a barriga e fazendo “huuuum”. Mas tem gente que não gosta de sabores fortes quando o assunto é verdura. Aí é que está toda a beleza dessa salada! Ao misturar maçã aos legumes tudo fica perfeitamente balanceado. O molho cremoso de tahina (tahini, tahine, pode chamar do que quiser que ela responde) completa a união e o resultado é uma sinfonia de sabores, um pedacinho de repolho cantando aqui, um palitinho de maçã respondendo ali… Uma salada refrescante, crocante, de sabor marcante mas delicado, com notas doces de fruta.

Não vou mentir dizendo que esse prato é tão delicioso que acordo no meio da noite com desejo de comê-lo. Mas afinal, quem acorda no meio da noite com desejo de comer salada? Porém, justiça seja feita, no terreno das saladas essa daqui é um pequeno poema. E linda, com vários tons de lilás e rosa. Poesia pros olhos e pras papilas.

 

Salada de repolho roxo, beterraba e maçã com molho de tahina

Pra que a maçã não escureça depois de cortada, pingue algumas gotas de suco de limão por cima. Repolho roxo é mais bonito (alguns acham mais gostoso também), mas se você só encontrar repolho branco, nada te impede de fazer a salada com ele.

2x de repolho roxo finamente picado

1x de beterraba ralada (ralo grosso) ou cortada em palitinhos

1 maçã cortada em palitinhos (com casca)

Molho

3cs (rasas) de tahina

2cs de suco de limão

2cs de água

uma pitada generosa de sal

No recipiente em que for servir a salada misture o repolho, a beterraba e a maçã e reserve. Em uma xícara (ou outro recipiente pequeno) misture a tahina e o suco de limão e bata vigorosamente com uma colherinha. A tahina vai ficar ainda mais espessa (é normal). Junte a água (1 cs por vez) e misture bem. O molho deve ficar  bem cremoso. Dependendo da tahina usada (algumas são mais espessas, outras mais líquidas) será necessário acrescentar um pouco mais de água pra atingir a conscistência desejada. Despeje o molho sobre a salada e mexa bem. Sirva imediatamente. Serve 2-4 pessoas (como acompanhamento, claro).

 

 

 

 

 

Anúncios