Amassado de grão de bico com tomate

 

A semana foi cansativa, ô como foi cansativa! Gostaria de comemorar o início do fim de semana com makis veganos, um banho quentinho e um filme embaixo dos cobertores com a minha amada. Mas vejam só, faltam-me forças pra preparar um prato que exige mais de uma hora de trabalho ativo, não tem água quente pra encher a banheira e Anne está cheia de trabalho e não irá pra debaixo das cobertas antes da madrugada chegar. Então vou me contentar com os restos que achar na geladeira, ferver um pouco d’água e tomar banho de balde e deixar o filme pra outro dia. Mas antes de realizar esses planos ultra excitantes, vim publicar um prato fácil, rápido e delicioso, pois pensei que talvez vocês estivessem precisando.

Inventei esse amassado de grão de bico algum tempo atrás e gostei tanto que já repeti várias vezes, algo raro na minha cozinha. Se você está se perguntando o que viria a ser um “amassado” aqui vai a explicação: uma leguminosa (feijão, grão de bico) cozinhada com temperos e outros vegetais e (ligeiramente) amassada. Já que existe “refogado”, “guisado” e “ensopado”, resolvi inventar “amassado”. As vantagens desse tipo de prato são inúmeras. Rico em proteínas, fácil de preparar e versátil, ele pode ser degustado como prato principal ou servir de recheio pra sanduíche.

Esse amassado é feito com ingredientes simples, mas o resultado é surpreendentemente saboroso. Eu adoro a combinação grão de bico/tomate/tahine e o limão acrecenta uma dose de frescor que realça ainda mais a mistura. O segredo é usar, além do suco, as raspas do limão, que têm um sabor delicioso sem ser ácido. Esse foi o meu almoço de ontem e comi os restos no almoço de hoje, mas não reclamaria se tivesse que repetir o prato no jantar e no café da manhã de amanhã também…

 

Amassado de grão de bico com tomate

Gosto de usar 2cc de raspas e 2cs de suco de limão nessa receita, mas talvez você queira um sabor menos intenso. Comece usando metade dessa quantidade e depois de provar decida se quer juntar um pouco mais de raspas/suco. Se sobrar amassado, ótimo! Os sabores ficam ainda mais intensos no dia seguinte.

2x de grão de bico cozido

1 cebola cortada miúda

5 tomates bem maduros picados

2 dentes de alho picados ou amassados

2cs de tahine

1 à 2 cc de raspas de limão* (dependendo do seu gosto)

1 à 2cs de suco de limão (idem)

1cs azeite

sal marinho e pimenta do reino (melhor se for moída na hora) a gosto

Aqueça o azeite e refogue a cebola até ficar dourada. Junte o alho, refogue mais 30 segundos e junte o grão de bico cozido. Cozinhe mais alguns minutos e acrescente os tomates, as raspas de limão e sal marinho a gosto. Tampe a panela e cozinhe em fogo baixíssimo, mexendo de vez em quando, até os tomates se desfazerem. Alguns minutos são suficiente. Quando uma parte do líquido tiver evaporado desligue o fogo, junte o tahine, o suco de limão e pimenta do reino a gosto. Misture vigorosamente e, com as costas de uma colher, amasse a maior parte do grão de bico, mas deixe alguns grãos inteiros. A idéia é quebrar os grãos sem no entanto fazer um purê liso pois ninguém está tentando fazer hummus aqui (clique na foto pra ver melhor a textura procurada). Prove e corrija o tempero, se necessário. Como o grão de bico é cozinhado na água sem sal, é importante temperá-lo com gosto pra criar um prato saboroso. Sirva quente, como prato principal, acompanhado de arroz e salada crua, ou morno com pão integral ligeiramente torrado (minha maneira preferida de comer esse amassado). Rende 3 xícaras, o que equivale a 2 porções generosas como prato principal ou recheio pra vários sanduíches.

*Como os agrotóxicos ficam ainda mais concentrados na casca, escolha um limão orgânico, se possível. Na hora de ralar a casca, tenha o cuidado de parar antes de chegar na parte branca do limão, que é amarga.

Anúncios