Patê de tofu com tomate seco e ervas

Em 2009 passei uma longa temporada em Natal e levei uma (recém adquirida) máquina de fazer leite de soja. Quem acompanha o blog há algum tempo sabe que não sou fã de leite de soja, mas acontece que adoro tofu e tinha sido informada que encontrar tofu decente em Natal é uma missão impossível. Tofu feito em casa é muito superior ao encontrado no mercado em matéria de sabor, mas sem uma prensa industrial a textura é bem mais mole do que a do tofu que eu tinha costume de comer. Então comecei a fazer patê com meu tofu caseiro mole e o sucesso foi imediato. Minha família e meus amigos adoraram e cheguei até a vender vários potinhos por semana. Meus clientes eram onívoros, mas muitos eram intolerantes à lactose e enfrentavam o mesmo problema que nós veganos enfrentamos: depois de ter tirado a manteiga, requeijão e queijo da dieta o que passar na nossa fatia de pão?

Mas a produção de patê de tofu acabou quando voltei pra Palestina e alguns amigos me escreveram pedindo minha receita secreta. Demorei bastante pra atender a esses pedidos, não porque não queria dividir a receita com eles, mas porque aqui onde moro não tem tofu (a máquina de fazer leite de soja ficou em Natal, então não posso mais fazer tofu em casa). Estava planejando uma viagem ao país vizinho pra comprar tofu há meses mas nunca achava tempo. Domingo passado decidi que não podia mais privar meus amigos de patê de tofu então atraverssei a fronteira logo cedo e voltei pra casa carregada de tofu. Eu sou o tipo de pessoa que faz grandes sacrifícios pelos amigos (o fato de Anne e eu adorarmos tofu não tem nada a ver com isso, foi puro altruismo).

Fiquei com medo da receita não funcionar com tofu industrializado mas pra minha grande alegria deu certíssimo. De todos os sabores de patê que fazia em Natal, o de tomate seco e ervas era o mais popular e foi essa receita que meus amigos pediram. Esse patê é absolutamente delicioso e agrada vegs, não vegs e simpatizantes. Amigos veganos ou intolerantes à lactose, vocês nunca mais ficarão com inveja do pão com requeijão da pessoa comendo do seu lado: vocês acabam de encontrar um substituto perfeito (e muito mais saudável). Raíssa e Bernd, essa receita é pra vocês.

Patê de tofu com tomate seco e ervas

O sabor do patê vai depender da qualidade do tofu utilizado, então use o melhor tofu que encontrar (quanto mais fresco melhor). Eu prefiro usar tomates secos que não são conservados em óleo, mas se isso é tudo que você achar use uma folha de papel toalha pra enxugar um pouco do óleo dos tomates. Se você achar cebola e alho em desidratados (em pó ou flocos) o patê fica ainda mais gostoso e rápido de preparar: use 2cs de cebola desidratada e 1cc de alho em pó no lugar da cebola e do alho frescos. Se quiser fazer uma versão “tomate seco e manjericão” (minha preferida), substitua as ervas desidratadas por 2cs de mangericão fresco picadinho.

300gr de tofu

1/2 x de castanha de caju (não tostada e sem sal), de molho por pelo menos 6 horas

1 cebola picada

2 dentes de alho picados

1 ½ cc de levedo de cerveja

1cc de grãos de mostarda (opcional)

½ cc de feno grego (opcional)

2cs de suco de limão

½ cc (rasa) de sal (ou a gosto)

1 pitada generosa de pimenta do reino

1cs de azeite

entre ½ x e ¾ x de água

½ x de tomate seco picadinho

2cc de ervas desidratadas (alecrim, orégano, manjericão e tomilho)

Aqueça o azeite e refogue a cebola até ficar dourada. Junte o alho e deixe cozinhar mais 1 minuto. Reserve. Se estiver usando a mostarda em grãos e o feno grego, pile os dois juntos até virar um pó fino. Coloque todos os ingredientes, menos a água, o tomate seco e as ervas, no liquidificador (não esqueça de escorrer as castanhas primeiro). Ligue o motor e adicione a água aos pouquinhos. Dependendo da textura do tofu utilizado você precisará de mais ou menos água, mas vá com calma pois o patê deve ficar bem espesso. Será necessário parar o motor algumas vezes e mexer o patê pra que todos os ingredientes sejam triturados. Quando o patê estiver bem cremoso (esfregue um pouco da mistura entre os dedos: se você não sentir mais pedacinhos de castanha inteiros está pronto), junte o tomate seco em pedacinhos e as ervas desidratadas. Misture bem (com uma colher) e transfira pra um recipiente com tampa. Se conserva até uma semana na geladeira. Rende aproximadamente 2x.

Anúncios