Depois de Paris e Bruxelas as férias continuaram em Londres e Berlim, de onde estou escrevendo essas linhas. Amigos, essas duas cidades são verdadeiros paraísos veganos. Londres, que eu conheço bem, sempre me encantou por oferecer opções veganas por todos os lados, mas Berlim, que estou visitando pela primeira vez, ganhou o nobel do veganismo. Mais detalhes aparecerão por aqui quando eu voltar pra casa (estou planejando um mini guia vegano de Berlim, Londres e Bruxelas), mas queria dividir um pouquinho dessas maravilhas com vocês hoje. Bem vindos à veganland!

A foto acima e a primeira são de uma loja de especiarias em Londres. Nada me deixa mais feliz do que tempeiros exóticos.

O melhor supermercado da cidade: Whole foods. Muitos metros quadrados de delícias vegetais (queijos, iogurtes, salsichas, cremes, chantilly…) mais todos os cereais, oleaginosas, tempeiros e sais (vi pelo menos 15 tipos diferentes, vindos dos quatro cantos do mundo) imaginaveis. Como se isso não fosse suficiente, no primeiro andar tem um restaurante vegano maravilhoso. 

A Alemanha tem fama de ter o melhor pão do mundo e eu posso confirmar isso (não provei todos os pães do mundo, mas o daqui é realmente espetacular).

Conselho pros veganos que estão lendo esse post: sentem-se que o que vou dizer agora é da pesada. As duas fotos acima são do supermercado (preparem-se! Preparem-se!) vegano de Berlim. Um supermercado i.n.t.e.i.r.a.m.e.n.t.e vegano. Todos os seis mil produtos vendidos lá são de origem vegetal. Eles dizem que é o primeiro supermercado do tipo na Europa (alguns dizem que não é, mas que diferença isso faz?) e eu encontrei coisas por lá que até então só tinha visto na internet. Senti como se tivesse encontrando, ao vivo e a cores, pessoas famosas. So que ao invés de pedir autógrafo eu trouxe pra casa e comi tudinho.

Berlim tem muitos, muitos restaurantes veganos. A foto acima deixa a desejar, mas tinha que mostrar isso: um menu com nada menos de 30 (trinta!!!) burgers veganos. Pra quem se acostumou a só poder pedir um ou dois pratos do menu (uma salada crua e um prato de massa com molho de tomate) ter tanta escolha assim parece um sonho!

Antes de continuar a explorar Berlim eu queria dividir mais uma coisinha com vocês. Aproveitei a viagem pra realizar um super projeto com Anne. O tripé da foto abaixo e minha cara totalmente sem graça entregam o jogo: estamos fazendo filmes, como o que fizemos em Belém. Em breve vocês vão me ver novamente em ação, em cozinhas na França, Bélgica, Inglaterra e Alemanha.

Anúncios