Esse post vai ser curtinho, só pra avisar que o endereço do blog mudou. Agora sou a dona do meu domínio e vocês podem me encontrar no papacapimveg.com. Quem salvou o antigo endereço não precisa se preocupar, wordpress encaminha diretamente pro novo.

Também queria apresentar um amigo meu, Monsieur Carotte. Apesar da cabeleira rasta, Monsieur Carotte é francês, daqueles que adoram comer croissant no café da manhã. Nos conhecemos em agosto do ano passado, quando estava de férias no interior da França. Tirei essas fotos pra imortalizar o momento. (Minha cunhada Claire, que é uma artista incrível e que teve a imensa gentileza de criar o logo do blog pra mim, arrumou Monsieur Carotte pras fotos. Merci, Claire.)

Monsieur Carotte é ainda mais fofinho de perfil. Ontem uma leitora (oi, Camila!) deixou um comentário no post sobre agrotóxicos lembrando que o consumidor também tem uma parcela de culpa nessa história, pois se os vegetais não estiverem perfeitinhos (e sabemos que muita dessa “perfeição” vem do uso de agrotóxicos) ele não leva pra casa. Ela está coberta de razão e gostaria que todos lembrassem disso na hora de ir à feira. Vamos celebrar a diferença entre vegetais (também), pois a natureza não produz legumes top models o tempo todo. Legume feinho e deformadinho é, não só normal, como natural,  como falou Camila. Por isso lembrei de apresentar Monsieur Carotte pra vocês. Deu pra adivinhar que ele é orgânico?

Monsieur Carotte cansou de posar pras fotos e quis ir embora. “Au revoir, les amis!”

Monsieur Caroooootte!!! Ele caiu. Ops. Mas se levantou rapidinho e disse “Je vais me promener um peu dans le jardin”. Espere, Monsieur Carotte. Deixa eu ver antes se não machucou nada.

Fofinho!

Anúncios