Chega de guardar segredo, preciso dividir uma novidade com vocês. (fecha os olhos, respira fundo e lá vai) Estou escrevendo um livro de receitas.

Tudo começou alguns meses atrás, quando Júlio, um leitor muito querido, disse que eu devia escrever um livro e que se eu quisesse ele passaria o meu contato pra uma amiga que trabalhava em uma editora. Eu mentiria se dissesse que nunca pensei em escrever um livro. A primeira coisa que eu quis ser na vida foi escritora e aos 14 anos decidi começar minha carreira literária escrevendo a continuação do meu livro preferido, “Ciranda de pedra”, pois o final da história não me agradava. Claro que Lygia Fagundes Telles não estava a par dessa audácia. Felizmente nunca passei da primeira frase e minha carreira de escritora foi interrompida antes mesmo de ter começado. Não tenho talento pra escrever ficção. mas a vontade de escrever nunca foi embora e ficou ainda mais intensa desde que comecei o blog. Vocês devem ter percebido que contar causos me diverte tanto quanto criar receitas. Então eu disse a Júlio que sim, sim, gostaria de escrever um livro, só faltava encontrar alguém que me achasse competente o suficiente pra esse trabalho. Poucos dias depois recebi um email de Cristina da Caki Books dizendo que tinha adorado o blog e perguntando se eu topava escrever um livro. Primeiro eu caí da cadeira, depois levantei e respondi fingindo que aquilo era a coisa mais banal do mundo “já que você insiste…” Desde então venho trabalhando nesse projeto.

O livro vai se chamar “Natural e Vegetal” e a proposta é mostrar que natural não significa “natureba” e que não é preciso escolher entre adotar uma alimentação saudável ou desfrutar dos prazeres da mesa: é possível ter os dois ao mesmo tempo.  Estou reunindo minhas melhores receitas, quase todas inéditas (algumas já apareceram aqui), criando novas e fazendo as fotos que ilustrarão o livro também. Se tudo correr como o planejado ele será publicado em abril (e-book e versão impressa sob comanda) e tentarei postar notícias sobre o livro daqui até lá. Mas não precisa esperar até abril pra ler um livro escrito por mim. Aqui vai a outra novidade: acabo de escrever um livro. Explico.

Fazia um tempinho que pensava em reunir os melhores textos publicados aqui no blog e criar algo que pudesse ajudar pessoas pensando em se tornar vegetarianas/veganas e novos vegs precisando de informações sobre o assunto. Desde que comecei a escrever o livro “Natural e Vegetal”, que a partir de agora vou chamar de N&V pra ficar mais curto, me deparei com o seguinte problema. Preciso criar receitas e testá-las várias vezes, o que significa comprar uma quantidade importante de ingredientes, além de comprar material pra fotografia (pratos, utensílios de cozinha etc) e, o mais importante, tive que parar meus únicos trabalhos remunerados pra poder ter tempo de realizar esse projeto. Acabaram-se os jantares no meu “restaurante ocasional” e as aulas de Francês e agora voltei a ter zero salário. Foi aí que a ideia de reunir uma parte do conteúdo do blog em um mini livro me pareceu ainda mais oportuna. Senhoras e senhores, e aqueles que ainda não se decidiram, tenho o prazer de apresentar o “Guia do herbívoro feliz”.  Ao invés de explicar do que se trata, vou mostrar o sumário do livro pra vocês saberem exatamente o que vão encontrar nele.

Introdução

• O que é o guia do herbívoro feliz?

• Por que herbívoro?

• Quem é quem: tipos de vegetarianos

1- Por onde começar

• Primeiros passos

• Sobrevivendo em uma família onívora

• Se prepare pra enfrentar o mundo onívoro: herbívoro fora de casa

2- Na prática

• A despensa do herbívoro

• Equipe sua cozinha

• Como substituir leite, creme, manteiga e ovos e veganizar qualquer receita

• Como preparar:

   -Leguminosas

   -Cereais

   -Legumes

3- Colocando a mão na massa

• Leite, creme e queijo vegetal

• Café da manhã

• Pratos principais

• Saladas, molhos e pastas

• Sopas

• Doçuras

4- Princípios básicos de nutrição vegana

• Onde encontrar proteína, ferro, cálcio, ômega 3 e B12

• Como compor um cardápio vegetal equilibrado

5- Perguntas frequentes e mitos sobre veganismo

O guia é um e-book de 78 páginas e trata unicamente da questão da alimentação vegetal (por isso é o guia do “herbívoro” feliz e não do “vegano” feliz), com dicas pra sobreviver nesse mundo onívoro em que vivemos, tudo o que você sempre quis saber sobre nutrição vegana, respostas pras perguntas que vegs escutam com mais frequência e 32 receitas (algumas básicas, outras mais elaboradas, mas todas já foram publicadas aqui). Como expliquei mais acima, o livro reúne o conteúdo mais útil e interessante do blog, mas tem também algumas partes inéditas.

O “Guia do Herbívoro Feliz” vai te ajudar a desvendar todos os mistérios da alimentação vegetal, a fazer escolhas alimentares conscientes e fornecer ferramentas pra você transformar sua cozinha e começar a preparar comida boa pro corpo e pras papilas. Com um bônus: a possibilidade de apoiar o meu trabalho. O “Guia do Herbívoro Feliz” pode ser seu por… você escolhe. Quero que meu mini guia seja acessível a todos, então ele não tem preço fixo, cada um dá o que puder/quiser.

A coisa funciona assim:

-você escolhe entre dois tipos de pagamentos: paypal ou depósito na conta do Banco do Brasil.

-você decide quanto quer dar pelo livro. Não tem mínimo nem máximo, aceito qualquer valor entre 1 e 1 milhão.

-depois de ter feito o depósito via paypal ou diretamente no banco, envie um email pra papacapimveg@gmail.com dizendo simplesmente: “Quero o meu livro”.

-assim que receber seu email enviarei o livro (arquivo pdf).

-todo mundo fica feliz.

Pagamento no paypal.com.br: depósito no email papacapimveg@gmail.com (não se assuste, vai aparecer o nome do meu irmão – eu não tenho conta no Brasil e ele está me emprestando a dele). Não sabe o que é paypal? Descubra aqui.

Depósito no Banco do Brasil

Agência 1668-3

Conta Corrente 24281-0

Titular da conta: José Paulo S. de Carvalho

Anúncios