Focaccia com azeitona e alecrim

Durante mais de um ano o blog só tinha uma única receita de pão, o meu pão integral com centeio e sementes. Aí publiquei a receita de pão chato recheado com cogumelo e cebola e, menos de um mês depois, cá estou eu com mais uma receita de pão. Explico. Por mais que eu adore meu pão integral, decidi explorar outros tipos de pão pra variar o menu daqui de casa e ter mais receitas pra dividir com vocês. Ainda faço meu pão com sementes regularmente e é ele que prefiro comer no café da manhã, mas estou adorando descobrir pães diferentes que vão muito bem no lanche e como acompanhamento do almoço ou jantar. Como essa focaccia com alecrim e azeitonas.

Sempre achei focaccia uma delícia, mas por alguma razão achava que era difícil de preparar em casa. Ledo engano! Fazer focaccia não podia ser mais simples. Esse tipo de pão é ideal pra acompanhar saladas, sopas e pratos de legumes com bastante molho. Ela também é ótima pra fazer sanduíches. Focaccia é geralmente feita com farinha branca, mas pra deixar o sabor mais interessante, e a textura mais rústica, usei um pouco de fubá (a farinha de milho usada pra fazer o nosso cuscuz). Também deixei a massa fermentar lentamente na geladeira durante uma noite, pra intensificar o sabor. Outra vantagem da fermentação longa é que o pão ganha uma casca ainda mais crocante. O resultado dessas pequenas modificações fez uma diferença considerável.

Adoro a combinação de alecrim, azeitonas e azeite, mas essa focaccia aceita diferentes ingredientes, como tomates secos, outras ervas, cebola, alho… Usem a imaginação, mas não exagerem na “cobertura”. Excesso de peso sobre a massa vai impedir o pão de crescer direitinho enquanto assa e a ideia é faz focaccia, não pizza!

Esse pão é crocante por fora e macio por dentro, com um sabor irresistível, graças à fermentação lenta e ao toque de fubá. Devoramos nossa focaccia no almoço, ainda quentinha, acompanhada de hummus, azeite (gosto de mergulhar pedaços do pão em uma tigelinha com azeite) e uma salada simples de tomate. Nossas papilas fizeram a festa! Se ainda não convenci vocês a correrem pra cozinha pra preparar essa focaccia, aqui vai mais um argumento: esse foi o pão mais simples que já preparei até hoje. Esforço mínimo e satisfação máxima!

 

Focaccia com azeitonas e alecrim

Usei farinha de trigo branca misturada com fubá e o resultado foi uma focaccia deliciosa e mais rústica do que a versão tradicional. Se quiser usar farinha integral omita o fubá e aumente a quantidade de farinha pra 2x. Fiz essa receita com 1/2cc rasa de fermento pra pão mais um tiquinho do meu fermento natural, pois sempre tenho um pouco dele na cozinha e gosto do sabor que ele dá aos pães. Mas usei essa receita como base e nela só aparece o fermento pra pão (na quantidade indicada abaixo). Deixei minha focaccia mais tempo do que devia no forno, por isso ela saiu tão bronzeada. Mas gostamos tanto dessa versão super crocante que acho que vou fazer sempre assim.

1x de água morna

1cc de fermento pra pão

1cc rasa de sal

1 ¾ x de farinha de trigo

1/4x de fubá em flocos (flocão)

1cs de alecrim (fresco ou seco)

1cs de azeitonas picadas (verdes ou pretas)

Azeite e sal marinho (do tipo médio, não em pó)

Em um recipiente de vidro ou cerâmica, dissolva o fermento pra pão com a água morna. Junte metade da farinha e misture com um batedor de arame. Quando a massa estiver lisa, sem carocinhos, junte o resto da farinha, o fubá e o sal. Usando agora uma colher de pau, mexa até incorporar tudo. A massa terá uma consistência bem mole e não deve ser trabalhada demais. Cubra com um pano de prato limpo e leve à geladeira por 12 horas (uma noite). A fermentação lenta aumenta o sabor do pão. No dia seguinte retire a massa da geladeira e deixe descansar em temperatura ambiente por 2 horas. Aqueça o forno em temperatura média. Transfira a massa pra uma placa, ou travessa de vidro, untada com azeite. Estique com cuidado (use as pontas dos dedos untadas com azeite), formando um retângulo menor do que uma folha A4. Manipule a massa com delicadeza pra manter as bolhas de ar que se formaram durante a fermentação. Polvilhe com o alecrim e as azeitonas picadas, regue com um fio de azeite e salpique um pouco de sal marinho. Asse a focaccia até ficar dourada nas laterais. Se seu forno tiver a função grill, use-a no final do cozimento, pra deixar a focaccia ainda mais dourada. Deixe esfriar alguns minutos na placa (ou travessa) e transfira pra uma grelha, ou pano de prato limpo, pra terminar de esfriar. Focaccia, como todo pão, é melhor ainda morna. Rende 2 porções.

Anúncios