Na nossa sociedade onívora tem uma categoria de comida que é extremamente ingrata com os veganos: sanduíches. Tenho a sorte de morar na Palestina, onde o sanduíche nacional, falafel, é vegano, mas a situação é bem diferente no Brasil. Já tentou ir a uma lanchonete tradicional no nosso país e pedir um sanduíche vegano? É mais provável Jodie Foster me pedir em casamento do que você achar um sanduíche vegetal por lá. A menos, claro, que você ache que pão com alface e tomate pode ser chamado de sanduíche…

Amigo vegano, eu trago boas novas. Embora eu não possa obrigar os donos de lanchonetes no Brasil (e em Portugal) a oferecer uma opção vegetal, posso ensinar pra vocês como fazer um sanduíche vegano tão bom que até seus amigos onívoros vão adorar. Eu não digo essas coisas só por dizer.  Servi sanduíches vegetais pros meus familiares e amigos onívoros e todos aprovaram. Meu irmão caçula, extremamente carnívoro, sempre responde com muito entusiasmo aos meus sandubas. O que me deixa ainda mais triste e frustrada quando constato a não existência de opções vegetais nos cardápios das lanchonetes. Eu sei que quando a gente passou a vida inteira comendo sanduíches à base de produtos de origem animal (maionese, queijos, ovos, carnes) parece impossível conceber um sanduíche sem esses ingredientes. Mas se a gente coçar um pouco a cabeça e sacudir a acomodação culinária nos damos conta que as possibilidades de sanduíches vegetais são infinitas!

Esqueça o pão com alface, esqueça o cachorro quente de proteína de soja (o que parece ser a única possibilidade de sanduíche vegetal pra muitos). Aqui vai o passo-a-passo do sanduíche vegano perfeito: estourando de sabor, nutritivo e que vai fazer qualquer um (veg ou onívoro) salivar.

PÃO

Tudo começa com um bom pão. A qualidade do seu pão é responsável por 50% do sucesso do seu sanduíche, por isso escolha com carinho. Geralmente nos sanduíches onívoros clássicos, carregados de bacon, queijo, presunto e outras carnes, o pão é um mero envelope. Esses recheios têm um sabor muito forte e o fato do pão ser insípido acaba passando despercebido. O sanduíche vegano precisa de um pouco mais de atenção pra brilhar, mas garanto que esse cuidado extra compensa. Um pão saboroso complementa o recheio vegetal e o produto final será um sanduíche de sabor mais rico. Algumas dicas:

– Prefiro pão integral e cheio de sementes (girassol, gergelim, linhaça, papoula…), porque acho o sabor mais complexo, não porque é supostamente mais saudável.

-Contraste de texturas também deixa o sanduíche mais interessante, então gosto de usar pães que tenham um exterior crocante e sejam macios por dentro, como bagels.

-Pra criar esse contraste de textura em qualquer pão, corte fatias grossas, regue com um pouco de azeite e doure na frigideira durante alguns minutos.

RECHEIO

É aqui que toda a abundância do mundo vegetal pode se expressar. Quando a gente é acostumado a pensar em sanduíche como: pão + proteína animal (queijo, presunto, hambúrguer, frango, atum, ovo), fica difícil acreditar na possibilidade de um sanduíche 100% vegetal (imagine então um sanduíche 100% vegetal E gostoso!). Mas acreditem, recheios veganos podem ser extremamente variados e deliciosos. Algumas sugestões:

-Escolha uma pasta ou um patê pra passar no pão. Isso é indispensável pra impedir que o sanduíche fique seco e, claro, vai aumentar o sabor do produto final. Algumas sugestões: hummus, muttabal, creme de tahina, tapenade, guacamole, patê de tofu, creme de feijão branco com alho e alecrim…  Só dispense essa etapa se estiver usando um recheio cremoso.

-O ingrediente principal do recheio deve ser muito saboroso e utilizado em quantidades maiores que o resto dos componentes, pois ele é a estrela do show. Exemplos: tofu, legumes grelhados ou assados (berinjela, abobrinha, pimentão vermelho), leguminosas temperadas e amassadas (grão de bico e feijão branco são as minhas preferidas aqui), burguer vegetal (como esse aqui), cogumelos salteados, assado de lentilha

Guarnições complementam o sabor do sanduíche e acrescentam aquele toque que vai deixa-lo realmente especial. Sugestões: tomates, alface, rúcula, alfafa (ou outro broto), palmito, tomate seco, azeitonas….

Então essa é a minha fórmula pra fazer um sanduíche vegano bem sucedido: pão + pasta/patê + ingrediente principal + guarnição. Escolho ingredientes que se harmonizam tanto no quesito sabor quanto nutrição. Procuro incluir algo à base de leguminosa (como hummus, por exemplo), pois combinado com o pão (cereal), tenho uma proteína vegetal completa. Adoro usar tofu em sanduíches porque além de ser uma delícia (se preparado corretamente), ele é rico em proteínas completas. E sempre acrescento ingredientes crus (tomate, alface), pois acho que todo sanduíche precisa de uma nota de frescor pra ficar perfeito. Também faço sanduíches mais simples, só com uma pasta e alguns legumes crus, mas esses eu como sozinha. Quando quero impressionar sigo a fórmula acima e o sucesso é sempre garantido.

E agora, senhoras e senhores (e aqueles que ainda não se decidiram), tenho o prazer de apresentar os sanduíches que comemos aqui em casa nos últimos tempos, uns simples, outros elaborados. Como falei, as possibilidades são infinitas, então esses são apenas alguns exemplos pra inspirar vocês.

Sanduíche 1: pão bagel integral, queijo de castanha com tomate seco, tofu mexido com cebola caramelizada e, como guarnições, tomate, rúcula e alfafa.

Sanduíche 2: pão pita integral, tapenade, tofu mexido e tomate cereja.

Sanduíche 3: pão de centeio com sementes, patê de tomate seco com amêndoas e sementes de girassol, tomate cereja e espinafre.

Sanduíche 4: bagel integral, hummus, tomate, pepino e azeitonas pretas.

Sanduíche 5: pita integral, molho de maçã e cebola, cogumelos salteados  e alface.

Sanduíche 6: pão de centeio com sementes e ensopado marinho (restos de pratos principais podem se transformar em um delicioso sanduíche).

Sanduíche 7: bagel integral, guacamole, berinjela, abobrinha e pimentão vermelho grelhados, tomate e alfafa (o meu preferido).

Sanduíche 8: bagel integral, hummus, tofu mexido e tomate cereja.

Sanduíche 9: bagel, espinafre com creme, tofu mexido com cebola caramelizada e tomate (o meu outro preferido). Normalmente também coloco rúcula ou alface e alfafa, mas nesse dia não tinha.

Um dia, amigos, vou abrir uma sanduicheria vegana e vocês jamais comerão pão com alface novamente!

Anúncios