Ensopado de lentilha com tomate seco e castanha do Pará

Um dia minha amiga Cibele perguntou se eu tinha alguma sugestão de receita pra comer com cuscuz de milho (ela também é do Nordeste). Tradicionalmente acompanhamos o nosso amado cuscuz com ovo, e veganos se deparam com esse problema: o que colocar no lugar? A comida da nossa terra, que comemos durante a maior parte da vida, tem valor sentimental e é difícil abrir mão dela quando mudamos de regime alimentar. Felizmente, quase sempre é possível fazer adaptações e criar novas maneiras de degustar os quitutes que nos acompanham desde a infância.

Veganizar pratos tradicionais exige criatividade e uma mente aberta. Serei bem honesta: nada no reino vegetal vai ter o mesmo sabor do ovo (pelo menos ainda não descobri nada que se aproximasse dele). Mas buscar alternativas vegetais aos produtos de origem animal que tínhamos costume de comer tem suas vantagens. Por exemplo, descobri que cuscuz fica uma delícia não com um, mas com vários acompanhamentos vegetais. Minha experiência com o veganismo tem sido extremamente rica nesse sentido. Sempre que procuro um substituto vegetal pra um ingrediente de origem animal me deparo com inúmeras possibilidades.

Aqui vão algumas deliciosas sugestões de acompanhamento vegetal pra cuscuz: tofu mexido (simples ou com tomate), ratatouille, ensopado marinho e, o meu preferido, esse ensopado de lentilhas. A combinação de lentilhas com tomates frescos e secos e castanhas do Pará deixa esse prato irresistível. E além de ser extremamente saboroso, ele é rico em proteína e, junto com o cuscuz, forma uma proteína vegetal completa. Leguminosa (lentilha) com cereal (cuscuz) formam uma proteína vegetal completa, lembram? (Mais um lembrete: tofu sozinho já é uma proteína vegetal completa.) O ensopado de lentilha ainda tem a vantagem adicional de poder ser congelado depois de pronto, o que sugiro que vocês façam. Assim quando o cuscuz aparecer na mesa você só precisará de uns minutinhos pra acompanha-lo de algo saboroso, nutritivo e vegetal.

Alguém tem mais alguma sugestão de acompanhamento vegetal pra cuscuz? Adoraria saber o que vocês andam comendo com esse ingrediente de base da alimentação do Nordeste brasileiro.

 

Ensopado de lentilha com tomate seco e castanha do Pará

Esse prato é um ótimo acompanhamento pra cuscuz, mas também pode ser servido como prato principal, junto com um cereal (arroz, trigo, cevada etc.) e uma salada. Embora castanhas do Pará sejam as minha oleaginosas preferidas em pratos como esse, aqui onde moro elas custam uma fortuna, então usei nozes, que são mais acessíveis. Esse ensopado é um daqueles pratos que ficam ainda mais saborosos com o passar dos dias. Como disse acima, ele também congela muito bem, logo não tenha medo de fazer uma quantidade grande e guardar porções individuais no congelador (porções de 1/2x me parecem ideais pra acompanhar um prato médio de cuscuz). Depois é só descongelar na frigideira, no fogo baixo.

2x de lentilha cozida (com sal e algumas folhas de louro)

1 cebola, picada

4 dentes de alho, picados/ralados

4 tomates grandes maduros, picados

2cs de tomate seco, picado

1 punhado de castanha do Pará (ou nozes)

Uma pitada de orégano

Azeite, sal e pimenta do reino

Aqueça um 1cs de azeite em um panela média e doure a cebola. Junte o alho e refogue mais um minuto. Acrescente a lentilha cozida (escorrida), os tomates frescos e os tomates secos. Deixe cozinhar em fogo baixo até os tomates se desintegrarem e parte do suco evaporar. Enquanto isso coloque as castanhas do Para em uma frigideira (de preferência com o fundo grosso) e toste em fogo médio, sacudindo de vez em quando, até ficar ligeiramente dourado dos dois lados. Deixe amornar e use uma faca amolada pra pica-las miúdo. Quando o liquido dos tomates tiver evaporado, junte as castanhas do Pará (tostadas e picadas) e tempere com sal e pimenta do reino. Rende 4 porções como acompanhamento de cuscuz, ou 2 como prato principal.

Anúncios