Granola de chocolate e granola com frutas secas

Sábado passado eu fiz um brunch pra quatorze pessoas aqui em casa. No menu tinha panquecas de batata, tofu mexido, queijo de castanha do Pará, bolo de laranja e amêndoas, granola, cookies e smoothie de cereja. Tudo foi devorado com entusiasmo pelos meus convidados e no final só sobrou a pobre da granola, esquecida no canto da mesa. Não que minha granola não seja gostosa mas quem, em sua sã consciência, vai comer granola quando tem uma bandeja de cookies de chocolate dando sopa? Pelo menos pude tirar uma foto da granola desprezada e agora vou dividir a receita com vocês.

Nunca gostei de granola de supermercado. Além de ser horrivelmente doce, granola comprada pronta tem uma textura que me desagrada, dura e pesada demais. Pra resolver o problema comecei a fazer granola em casa. Testei várias receitas (e métodos) até achar “a receita”: crocante, delicada (ninguém corre o risco de perder uma obturação) e perfumada com minhas especiarias preferidas. Granola é muito versátil. A cada fornada mudo os ingredientes e crio algo novo. Pro brunch de sábado, além da receita clássica (aveia, frutas secas e avelãs) fiz uma granola especial com chocolate, amêndoas e coco. Essa última é pra ser degustada no lanche mas se alguém quiser comer chocolate no café da manhã eu não vou dizer absolutamente nada.

Granola

Usem as oleaginosas, frutas secas e especiarias que vocês mais gostarem. As sementes de girassol podem ser substituídas por sementes de jerimum (abóbora) e o gergelim por coco ralado.

5x de aveia em flocos grossos

2-3x de oleaginosas (amêndoas, avelãs, castanhas do Pará ou de caju, ou uma mistura)

1x de semente de girassol (descascadas)

3/4x de frutas secas (eu usei damascos, passas brancas e figos)

3/4x de gergelim

1x de compota de maçã (receita abaixo)

1/4x de mel de engenho (melado)

2cs de azeite

2cc de canela

1cc de cardamomo (opcional)

½ cc de gengibre

Aqueça o forno a 180°. Em um recipiente grande, misture a aveia, as oleaginosas, as sementes de girassol, o gergelim e as especiarias. À parte misture a compota de maçã, o mel e o óleo e despeje sobre os outros ingredientes. Misture bem com uma colher de pau (eu uso as mãos) até toda a aveia ficar ligeiramente úmida. Espalhe a granola em uma placa de assar biscoitos (o ideal, pois a granola fica mais crocante) ou na maior travessa ou fôrma de bolo que vocês tiverem. Asse por 20 minutos, retire a placa do forno e mexa bem pra que tudo asse por igual. Retorne a placa ao forno e asse mais 20, 30 minutos, ou até ficar bem dourado. Quando estiver pronta, retire a granola do forno e quebre os pedaços maiores. A granola vai parecer um pouco mole ao sair do forno, mas ela fica mais crocante depois de fria. Junte as frutas secas e guarde em um recipiente fechado.

Granola de chocolate

Acham que já provaram tudo em matéria de granola? Essa receita deliciosa vai agradar os adoradores de granola e aqueles que não são muito chegados também.

3x de aveia em flocos grossos

½ x de amêndoas

½ x de lascas de coco seco (se não encontrar pode substituir por coco ralado)

1x de compota de maçã (receita abaixo)

2cs de azeite

½ x de chocolate meio amargo (50% cacau) em pedacinhos

Aqueça o forno a 180°. Misture a aveia, amêndoas e lascas de coco. A parte misture a compota de maçã e o azeite e junte aos outros ingredientes. Mexa bem e espalhe em uma placa de assar biscoitos. Asse por 20 minutos, retire a placa do forno e mexa bem pra que tudo asse por igual. Coloque a placa de volta ao forno e asse até ficar bem durado (mais 20, 30 minutos). Com as mãos, quebre os blocos de granola em pedacinhos. Deixe esfriar completamente antes de juntar o chocolate e transferir pra um recipiente com tampa.

Compota de maçã

Essa receita é facílima e, além de ser usada na granola, pode ser consumida pura como sobremesa ou lanche. Pra fazer uma compota ainda mais gostosa, junte um pouco de canela em pó às maçãs.

8 maçãs vermelhas

Descasque e retire o miolo das maçãs. Corte-as em pedaços médios e despeje tudo em uma panela com um fundo grosso. Cozinhe tampado em fogo baixissímo, mexendo de vez em quando, até as maçãs começarem a se desfazer. Não precisa acrescentar água nem açúcar: ao cozinhar, as maçãs liberam água e depois de cozidas o açúcar da fruta fica concentrado. Quando as maçãs estiverem bem macias e toda a água tiver evaporado desligue o fogo. Depois de frias, passe as maçãs no liquidificador até virar um purê. Rende mais ou menos duas xícaras e meia. O que não for usado na granola pode ser guardado (em um recipiente com tampa) na geladeira por alguns dias.

Anúncios